Urandir – Lago Titicaca no Peru é pesquisado por Urandir e equipe de pesquisadores


Urandir liderou equipe de pesquisadores no Lago titicaca entre o Peru e a Bolívia.
O lago titicaca é um lago sagrado para a cultura Inca, simbolizando o lugar de nascimento dos filhos do Sol ligados ao governante inca Manco Capac.  Ele tem 222 km de extensão, 65 km de comprimento e 165 km de largura, preenchendo uma região de 8.560 km². abastecido pelas águas de descongelamento das geleiras que rodeiam o altiplano andino,  ele fica 60 %  no lado peruano e 40  porcento no boliviano. O lago deveria se chamar TITIHALA, que quer dizer puma de pedra,por possuir a forma de um puma, mas o termo foi convertido para o castelhano como Titicaca, depósito de ”excrementos” provindos do espaço. 

O titicaca é o lago navegável mais alto do mundo e possui de 140 a 300 metros de profundidade e em suas águas profundas são encontrados partes lisas e depressões. O grupo de investigação da Equipe Zigurats, foi orientado em uma atividade exploratória por Urandir no lago titicaca. Munidos de equipamentos de rastreamento via satélite, medição e levantamento topográficos, câmeras, computadores, sondas hyperbáricas, sonares e diversos equipamentos de última geração, iniciaram uma investigação extensa no titicaca.

Essa não é a primeira vez que estudiosos se interessam nos mistérios existentes no lago titicaca. O lago foi explorado pela primeira vez através do famoso oceanógrafo francês Jean Jacques Cousteau (11/6/1910-25/6/1997). Cousteau, que elaborou 150 filmes e próximo de 60 livros, descobriu rãs de 1,70 metros no lago Titicaca, que se atravessaram nas hélices de seu barco. Cousteau vislumbrou uma luminosidade forte vinda da profundeza do lago, mas jamais conseguiu encontrar do que se tratava nem de onde vinha.
Agora, palco de nova pesquisa, Urandir e demais integrantes do Projeto Portal pretendem que os esforços levem a resultados positivos no estudo da origem das civilizações.

Originally posted 2013-09-30 00:07:27. Republished by Blog Post Promoter